Home seta Meu amigo seta O Cavalo Crioulo

Guia

Meu amigo
Imprimir E-mail
   O Cavalo Crioulo

 

cavalo c1.jpg  O cavalo crioulo da América Latina é o descendente direto dos cavalos importados do Novo Mundo, desde Cristóvão Colombo, pelos conquistadores espanhóis durante o século XVI, mais particularmente por Don Pedro de Mendoza,
fundador da Vila de Buenos Aires em 1535. 
 
Um grande número destes cavalos de guerra fugiu ou foram abandonados para se tornarem, rapidamente, em cavalos selvagens, num ambiente ideal para o seu desenvolvimento. 
   
São os cavalos espanhóis, portugueses e árabes que transmitiram seu sangue e suas principais características morfológicas da raça crioula.
 
Durante quatro séculos, a raça crioula se adaptara ao meio ambiente das grandes planícies sul americanas para sofrer uma severa seleção natural. cavalo c2.jpg 
Esta adaptação às condições de vida do meio ambiente permitiu o desenvolvimento de sua grande qualidade, a resistência às enfermidades e a sobrevivência.
  
No início os índios, mais tarde os gaúchos, fizeram do crioulo o seu meio de transporte, seu companheiro de caça ou de trabalho e seu camarada de lazer. Desde então, o crioulo passou a ser o cavalo do gaúcho para o seu trabalho e o seu sustento. 

Fonte: www.cavalocrioulo.com.br
 
< Anterior   Seguinte >